Seguidores

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

João-de-barro - Fotografado no Palmital em 20.11.2013


Cardeal - Fotografado no Palmital em data de 20/11/2013


quinta-feira, 13 de junho de 2013

Uma história para se orgulhar - Família Longo

Há 100 anos, nosso patriarca, Salvador Longo chegava ao Brasil.
Foi no dia 13 de junho de 1913, que Salvador Longo vindo da Itália chegou ao Brasil, por uma feliz coincidência, dia de seu santo do coração, Santo Antônio, e no dia 13, no ano 13, que era seu número da sorte. Estava com 23 anos, saiu de Pedace, localizada na Calabria, Itália, em busca de melhores oportunidades.
Quando chegou em Porto alegre foi trabalhar com um tio, que tinha um hotel e lá ficou por cerca de 4 anos. Depois abriu o “Armazém dos Viajantes” na rua Voluntários da Pátria, que iniciou com um pequeno varejo, e aos poucos foi ampliando e atendendo no atacado. Em 1946, abriu em Osório, em sociedade com o cunhado Miguel Baldino, uma filial que funcionava como um depósito e atacado que vendia para os pequenos armazéns das praias.
Aos poucos foram surgindo outras filiais pelo litoral, em Capão da Canoa, Atlântida, Xangri-lá e Rainha do Mar. Em Capão além do armazém na rua Sepé, construiu o terceiro edifício de Capão (em que alugava os apartamentos com serviço dos atuais apart-hoteis), adquiriu um mercado no edifício Pindorama ( vanguarda em auto atendimento), se associou ao no Hotel Lopes que posteriormente, transformou em City Hotel ( na Paraguaçu esquina Pindorama), incorporou também aos negócios uma padaria na avenida Paraguaçu (então a mais antiga da cidade ), criou a primeira transportadora que ligava Capão da Canoa a Porto Alegre. Foi um grande empreendedor.
Passou por crises como a enchente, em 1941 quando as águas do Rio Guaíba, invadiram o Armazém, e durante a 2ª guerra, por ser italiano, o armazém era saqueado constantemente.
No Brasil sempre auxiliava e mantinha vinculo com os pais e irmãos que ficaram Itália.
Salvador Longo nos mostrou que a morte nem sempre é um fim, se faz presente através de seus princípios que permanecem na família até hoje, mesmo já tendo partido há 38 anos. Seu exemplo de trabalho integridade e valorização da família são valores se estendem em suas quatro gerações de descendentes.
 — com Maria Amélia Longo e outras 26 pessoas.